+

Notícias

Empresas juniores são o tema de nova edição do Caderno Sebastião

Publicação reúne informações e histórias das EJ em atuação na UEM

 

 

Está no ar o Caderno de Extensão Sebastião, Edição especial nº 18, "Empresas Juniores". A publicação resume as informações das 28 EJ que estão ativas na Universidade Estadual de Maringá (UEM), mostrando a força do empreendedorismo e dos estudantes da Instituição, apoiados por professores e pela equipe de gestão.


A produção do Caderno é da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PEC/UEM). Atendeu à demanda de expor à população a importância das empresas juniores para a formação dos novos profissionais e à oferta de serviços à população.


“As EJ cumprem um importante papel na dinamização e integração da formação acadêmica e profissional, trazendo demandas práticas que provocam o estudo e pesquisa teóricos. Outro aspecto importante é que atendem, especialmente, a micros e pequenos empresários, além de ONG e de setores do serviço público com preços mais adequados à realidade destas organizações. Deste modo, além do aprendizado e a pesquisa, essas empresas apoiam a comunidade, completando o tripé universitário: ensino, pesquisa e extensão”, disse a pró-reitora de Extensão e Cultura da Universidade de Maringá, Débora de Mello Gonçales Sant’Ana.


Visibilidade – Essa edição do Sebastião é uma forma não só de valorizar o trabalho das EJ. Vai servir como fonte de informação sobre elas para a sociedade, permitindo que as pessoas que necessitam dos serviços possam conseguir acessá-las de forma ágil.


A produção deste número do Sebastião teve o apoio da Assessoria de Comunicação Social (ASC/UEM), por meio da editoração e a capa, que foram realizadas pelo jornalista e assessor da Coordenadoria de Promoção e Relações Públicas (CPR), André Luís Scarate, com aval do assessor Elias Gomes de Paula. A edição foi feita pela jornalista da ASC e assessora de Divulgação Científica da PEC, Ana Paula Machado Velho, com o material produzido por bolsista do curso de Comunicação e Multimeios da UEM: Milena Massako Ito, Karoline Yasmin Cera da Silva, Thamiris Saito, Lorena Moura, Rafael Assunção, Maria Eduarda Oliveira e Valéria Quaglio (Mudi).

 

Maringá, 23 de agosto de 2021

Equipe da PEC

 

PEC quer conhecer projetos de divulgação científica na UEM

 

A ideia é produzir um cadastro das iniciativas e montar uma rede de popularização do conhecimento científico
A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, da Universidade Estadual de Maringá (PEC/UEM), quer conhecer as ações de divulgação científica da Instituição. Para isso, está solicitando aos servidores de todos os departamentos e setores da UEM que preencham um questionário montado no Google Forms. A ideia é conhecer essas iniciativas para que a comunidade universitária possa construir novas formas de dialogar sobre ciência com a sociedade.
Segundo a pró-reitora de Extensão e Cultura da UEM, Débora de Mello Gonçales Sant’Ana, a intenção é criar uma rede. “Temos certeza que possuímos dezenas de ações em andamento na Universidade que sequer conhecemos. São projetos de extensão, pesquisa, ensino, pós-graduação, disciplinas, jornais, oficinas, lives e tantas outras iniciativas. Queremos nos aproximar dos grupos envolvidos nelas e criar formas de trabalharmos em conjunto. Inclusive, para darmos visibilidade aos projetos e encontrarmos linhas de financiamento para novas ações com maiores proporções. Sem contar que, a troca de informações sobre essas experiências pode fortalecer os diferentes grupos e incentivar a formação de novos divulgadores científicos”, explica a professora.
A ideia é organizar e integrar essas ações. Assim, professores e técnicos que possuam projetos de extensão, iniciativas, disciplinas e demais ações que promovam a popularização da ciência para a comunidade estão sendo convidados a preencher o formulário de pesquisa. O documento pode ser acessado neste link.

 

Maringá, 19 de agosto de 2021.

Pró-Reitoria de Extensão e Cultura

 

Resultado final da Seleção para as Bolsas REPOPAR/SETI

 

Edital 005/2021-PEC do resultado final dos processos de seleção relativos aos editais: Nº 002/2021-PEC, que visa à contratação de bolsistas Graduados em Comunicação; e 003/2021-PEC, que trata do processo seletivo para bolsista, na modalidade Estudante de Graduação em Comunicação.

Edital 005/2021-PEC

 

Maringá, 23 de abril de 2021.

Pró-Reitoria de Extensão e Cultura

 

Edital de Homologação das inscrições aos editais: Nº 002/2021-PEC e 003/2021-PEC

 

Edital 004/2021-PEC de Homologação das inscrições aos editais: Nº 002/2021-PEC, que visa à contratação de bolsistas Graduados em Comunicação; e 003/2021-PEC, que trata do processo seletivo para contratação de bolsista, na modalidade Estudante de Graduação em Comunicação.

- Edital 004/2021-PEC

 

Maringá, 19 de abril de 2021.

Pró-Reitoria de Extensão e Cultura

 

Seleção de Bolsas REPOPAR/SETI

A coordenação do projeto de extensão “CRIAÇÃO DA REDE DE POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA DO PARANÁ – REPOPAR/SETI” torna pública a abertura de processo seletivo para contratação de bolsistas, nas modalidades Profissional Graduado (Edital 002/2021) e Estudante de Graduação (Edital 003/2021), conforme Ato Administrativo No 01-2020/UGF, por tempo determinado, para atuar junto à PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PEC/UEM, em parceria com a Superintendência Geral da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI).

A iniciativa é voltada ao desenvolvimento de tecnologia social de comunicação científica com alto poder de reprodutibilidade, visando habilitar novos profissionais e estimular experiências de divulgação científica competentes e comprometidas com a democratização da ciência, em especial, aquelas desenvolvidas por pesquisadores e acadêmicos do Paraná.

As informações para concorrer às vagas estão nos editais abaixo:
- Edital 002/2021- PEC
Edital 003/2021- PEC

Maringá, 13 de abril de 2021.

Pró-Reitoria de Extensão e Cultura

 

Projeto “UEM contra o novo coronavírus” é tema de nova edição do Caderno Sebastião

 
 
Ação de extensão contou com mais de 250 bolsistas; os trabalhos tiveram início em março de 2020 e se encerram este mês

Está no ar o Caderno de Extensão Sebastião, Edição especial nº 16, UEM no combate do coronavírus. A publicação resume as ações da Universidade Estadual de Maringá (UEM) em uma grande iniciativa de enfretamento à infecção pela Covid-19, no Paraná, que se encerra agora, em janeiro, depois de onze meses de muito trabalho.
A UEM foi chamada, junto com outras Instituições Estaduais de Ensino Superior (IEES), a fazer parte deste Projeto, por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PEC/UEM). Atendeu à solicitação e se engajou em atividades diversas, que envolveram mais de 250 bolsistas, além de dezenas de servidores e profissionais da saúde.
“Todos sabem que os pesquisadores e cientistas, especialmente, das universidades públicas, onde estão reunidas as mentes brilhantes do nosso país, estão sempre prontos para resolver os problemas que afligem a população. Diante do momento de pandemia, arregaçaram as mangas para dar apoio à sociedade. Aqui no nosso Estado, boa parte das ações dessas pessoas se deu por meio deste Projeto, que, na nossa Universidade, ganhou o nome de “UEM contra o coronavírus”, disse a pró-reitora de Extensão e Cultura da Universidade de Maringá, Débora de Mello Gonçales Sant’Ana.  
Editais – A iniciativa foi financiada pela Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná (FA) em parceria com a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).  As solicitações de participação da UEM nesta empreitada vieram em forma de editais do governo do Paraná, e foi a eles que a Universidade atendeu.
O reitor Júlio César Damasceno destacou que a Universidade se preocupou em disponibilizar parte do efetivo do Projeto, “residentes e bolsistas, para auxiliar municípios e regiões com mais dificuldades de ter acesso às informações relativas à Covid-19”. Já o vice-reitor da UEM, Ricardo Dias Silva, declarou que “o Projeto salvou vidas e a ação reafirma a importância da universidade pública, que cresce em momentos de crise”.
É sobre essa grande mobilização que a edição especial do Caderno Sebastião fala. Mostra como a Universidade direcionou conhecimento e pessoal para responder à sociedade, à demanda da pandemia. “A edição traz as histórias de pesquisadores, extensionistas, estudantes, servidores da UEM, profissionais do nosso país, histórias que fortalecem o papel das nossas IEES”, reforçou Débora Sant’Ana.
A produção deste número do Sebastião teve o apoio da Assessoria de Comunicação Social (ASC/UEM), por meio do assessor Elias Gomes de Paula. A edição foi feita pela jornalista da ASC e assessora de Divulgação Científica da PEC, Ana Paula Machado Velho, com o material produzido pela bolsista de comunicação do projeto, a jornalista Vanessa Bellei. A editoração e a capa são de responsabilidade do jornalista e assessor da Coordenadoria de Promoção e Relações Públicas (CPR), André Luís Scarate. A revisão contou com o trabalho da estagiária de Comunicação e Multimeios da PEC, Milena Massako Ito.

Ana Paula Machado Velho

 

Comunicado Importante

 
 

Prezados Orientadores de Projetos de Extensão e Cultura

 
Estamos vivendo um momento importante da epidemia de infecção pelo vírus COVID-19 (coronavírus) e, entendemos a partir dos estudos e experiências dos outros países que neste momento, o isolamento social será importante para reduzir a propagação. Neste sentido, a UEM tem um comitê trabalhando diariamente com as informações oficiais para tomar as melhores decisões possíveis, diante de evidências científicas e evitar pânico ou notícias falsas.
 
Diante das características do momento, e também da natureza de nossas ações de Extensão e Cultura que, envolvem diretamente o trabalho com a sociedade, entendemos que não devemos manter atividades que possam colocar nossos estudantes em risco. Deste modo, a partir de debate no Comitê na manhã de hoje decidimos recomendar para a PEC que:
 
1 - Sejam planejadas atividades domiciliares para os bolsistas de extensão da categoria PIBIS e PIBEX. Solicitamos que, a partir de amanhã estes estudantes fiquem em suas residências e, acompanhados remotamente por seus orientadores (fone, videoconferência, whatts app, skipe, entre outras formas).
2 - Sejam dispensadas das atividades os voluntários vinculados a projetos de extensão e cultura até o retorno das atividades normais na UEM.
 
Ressalto que os estagiários vinculados à Central de Estágio deverão também, a partir de amanhã, cumprir suas atividades em domicílio, conforme orientação do decreto do governador.
 
Por fim, bolsistas diretamente dos programas USF da SETI receberão até o final do dia a orientação da própria superintendência ou da PEC sobre este posicionamento.
 
Reforcem por favor com seus estudantes a importância do verdadeiro afastamento social, não apenas na UEM mas em outros locais, para que possamos conter a propagação do vírus.
 
Estamos a disposição para quaisquer esclarecimentos.
 
Att.
Débora de Mello Gonçales Sant´Ana
Professora Associada A - Universidade Estadual de Maringá
Departamento de Ciências Morfológicas - DCM
Pró-Reitora de Extensão e Cultura da UEM - PEC
Bloco A34.  Sala 2. Fone:(44) 3011- 3791, www.pbf.uem.br